João César Mattogrosso enaltece compromisso do Governo do Estado em busca de solução para impasse do transporte coletivo da Capital
Governador Reinaldo Azambuja propôs que governo arque com custo do transporte escolar de estudantes da Rede Estadual mediante o congelamento da tarifa
  • Reading time:4 mins read
  • Post author:

Após o impasse envolvendo o transporte coletivo da Capital, que no dia 21 de junho de 2022 resultou na greve dos trabalhadores do setor, devido à falta de cumprimento de honorários por parte da concessionária responsável, na última terça-feira (28) o governador Reinaldo Azambuja voluntariamente assumiu o compromisso do Governo do Estado arcar com todos os custos dos estudantes da Rede Estadual de Ensino (REE) que utilizam o transporte coletivo na Capital. O anúncio foi feito durante reunião com a prefeita Adriane Lopes.


Em contrapartida, o governador solicitou a garantia do congelamento da tarifa até o final deste ano, o que beneficia toda a população que utiliza o serviço. A proposta foi apresentada à prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, que vai levar a questão ao Consórcio Guaicurus.


Na ocasião da paralisação dos trabalhadores, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) se manifestou e rebateu o pronunciamento do diretor-presidente da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg), Odilon de Oliveira Junior, onde transferia para o Governo do Estado a responsabilidade do problema, indicando que cabe à gestão estadual o pagamento do passe do estudante dos alunos da Rede Estadual de Ensino (REE) e ainda que a União assuma o pagamento da gratuidade do passe dos idosos. Na época, o vereador esclareceu a situação.


“É uma tristeza ouvir do diretor da Agereg que, de forma irresponsável, se manifesta transferindo a responsabilidade ao Governo do Estado. É este governo que arca com 80% dos investimentos da cidade, como o Hospital do Câncer, Guanandizão, obras do bairro Nova Lima, Aero Rancho e investimentos na saúde, entre muitos outros, sobretudo para infraestrutura. Isso não é mencionado, mas no momento de enfrentar os problemas, a culpa é do Governo do Estado, o que não é verdade”, destacou João Cesar Mattogrosso, diante da declaração.


Após o anúncio do Governo do Estado em ajudar a sanar a crise com o transporte coletivo na Capital, buscando assim que não haja novos aumentos na tarifa e paralisações, o vereador enaltece o comprometimento da gestão.


“A postura do nosso governador Reinaldo Azambuja comprova sua atuação municipalista e suprapartidária, olhando sempre para a população, para o desenvolvimento e para o progresso. Além de assumir de forma voluntária os custos do transporte dos estudantes, a tarifa congelada impacta menos no orçamento do trabalhador e a educação, uma das principais áreas de desenvolvimento social, segue protegida. Parabenizo nosso Governo pela medida e esperamos que haja acordo e a mesma boa vontade das demais partes envolvidas”, enfatiza o vereador.


Desde o início das discussões, João César Mattogrosso lembrou que está ao lado dos trabalhadores do transporte, que merecem respeito e condições de trabalho adequadas.


De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, o recurso será repassado mês a mês à Prefeitura, até o final do ano, quando encerra o mandato. Dados do Consórcio Guaicurus apontam que cerca de 214 mil estudantes da Rede Estadual utilizam o serviço de transporte gratuito na Capital, com custo equivalente de R$ 1.114.000,00 por mês. Ainda segundo o governador, estes dados ainda serão auferidos pela Agência de Regulação do Estado – AGEMS.


“Não é obrigação do Estado, mas fizemos esta pactuação para buscarmos uma solução para manter o valor da tarifa para a população de Campo Grande. Se houver este acordo com o Consórcio, já assinamos nesta semana o convênio e fazemos a transferência”, pontuou Reinaldo Azambuja.
A reunião contou ainda com as presenças do secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha, do diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto Assis, da procuradora-geral do Estado, Ana Carolina Ali, e do procurador-geral do município, Alexandre Ávalos.

CHAMA O JOÃO – Para chamar o João para uma visita ao seu bairro ou indicar melhorias, basta baixar o aplicativo que está disponível para Android e iOS. Além de solicitar avanços para sua região, também é possível acompanhar o trabalho do vereador e entrar em contato pelas redes sociais: fb.com/jcmattogrosso e instagram.com/jcmattogrosso ou WhatsApp: (67) 99904-4045. Esses são os canais que conectam o mandato do vereador diretamente com a população de Campo Grande.

Elci Holsback – Assessora de Comunicação

Foto: Divulgação Prefeitura de Campo Grande

0 0 votes
Avaliação
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários